Agenda do Bispo

Mensagem de Advento 2020

Noutros tempos, os arautos iam à frente do soberano para anunciar a sua passagem, a sua chegada: anunciavam o "advento do rei". E todos se preparavam para aquele dia.

Hoje, no início do tempo do Advento, quero, uma vez mais, anunciar a chegada do verdadeiro Rei que é Jesus.

Não há Natal sem Jesus. Não há Natal sem que Ele venha ao nosso coração e o transforme. Precisamos de preparar a sua chegada.

Este ano, o nosso gesto de renúncia (a ser recolhida no ofertório do dia 3 de Janeiro), será para os dois mosteiros de vida contemplativa que existem na Madeira: o Mosteiro da Caldeira e o Mosteiro do Lombo dos Aguiares. São religiosas que vivem pobremente e que passam o dia a rezar por todos nós e pelo mundo inteiro. Procuremos ajudá-las.

Apesar da situação de pandemia, não vamos deixar de celebrar a Festa. Mas sempre no respeito pelas indicações que nos são dadas pelas autoridades de saúde.

O Senhor quer vir até nós, até à nossa família, até ao nosso coração. Na alegria, e cheios de confiança em Deus, preparemos a Sua chegada.

+ Nuno, Bispo do Funchal



CELEBRAÇÕES DO NATAL EM TEMPO DE PANDEMIA

"Cristo salva-te". Toda a História, toda a vida da Igreja, toda a vivência e todas as manifestações da fé têm um objectivo: a salvação. Deus quer salvar-nos, dar-nos a Sua vida.

O objectivo da festa do Natal e de todas as celebrações é, por isso, a nossa salvação. Queremos deixar que Deus venha até nós e nos salve: a alegria da Sua presença; a alegria de, vendo-O assim, humano como nós, podermos mais facilmente partilhar a Sua vida enche de tal forma o nosso coração que precisamos de a comunicar.

O Natal e as suas festividades transformam o rosto das nossas Ilhas e de cada família madeirense e portosantense. As Ilhas enchem-se de luzes, de músicas próprias desta quadra. Mas este ano vamos ter de viver o Natal num contexto singular: a Covid-19 impõe-nos que celebremos a festa de um modo menos exuberante.

As Missas do Parto serão celebradas, mas peço que sejam respeitadas as distâncias de segurança sanitária, e que, à saída, não existam ajuntamentos. As paróquias não irão promover os festejos que se seguem habitualmente àquelas celebrações.

Na Noite de Natal, não se façam romagens, autos ou a "pensação do Menino". O habitual beijo da imagem do Menino no final da Missa, será substituído pelo gesto do sacerdote que ergue a imagem do Salvador, enquanto toda a comunidade, sem sair do lugar, canta um cântico e se inclina em reverência. Em casa, a família é convidada a reunir-se à volta do Presépio enquanto um dos seus membros faz uma oração.

Quanto aos Presépios paroquiais, peço que seja previsto um circuito para as eventuais visitas, sempre no respeito das distâncias e regras sanitárias que se impõem.

Se respeitarmos estas normas, e continuarmos a viver uns com os outros de uma forma cívica, segundo o que as autoridades de saúde nos aconselham, certamente nada nos impedirá de exteriorizar a alegria do Natal, a alegria de nos sabermos salvos por Cristo que vem ao nosso encontro.

No Natal, Deus faz-se próximo de nós. Quer dar-nos a Sua Vida. Confiemos n'Ele porque nunca nos abandona. Mesmo no meio desta pandemia, façamos do Natal uma verdadeira festa cristã.

Funchal, 25 de novembro de 2020

+ Nuno, Bispo do Funchal

ACONTECE:

Num ano marcado pelo aumento dos pedidos de apoios sociais, e do agravamento da situação socioeconómica das famílias, na qual se refletiu um significativo aumento de situações de pobreza e de pobreza extrema, muito resultante da pandemia COVID-19, a Cáritas Portuguesa lançou uma campanha nacional para recolha de donativos, denominada “Heróis Doar”,...




NOTÍCIAS

Como é do conhecimento geral, temos assistido nos últimos dias a um agravamento das condições sanitárias na nossa Região, com o aparecimento de algumas situações inesperadas de Covid-19.

A data prevista para encerrar a fase Diocesana do processo de beatificação e canonização da Serva de Deus Madre Virgínia Brites da Paixão, prevista para o dia 24 de outubro, será adiada para outra data. A Comissão Histórica que tem a missão de recolher todos os documentos da Serva de Deus encontrou novos documentos que deverão ser introduzidos no...


BISPO DO FUNCHAL

D. NUNO BRÁS DA SILVA MARTINS

HOMILIAS DO BISPO DO FUNCHAL


Senhora,

olhai para a humanidade desamparada,

olhai para os doentes e para os profissionais de saúde que deles cuidam,

mostrai mais uma vez que sois Mãe, nossa Mãe,

Senhora do Monte, nossa ajuda e protecção.

Senhora aqui vos confiamos a todos,

sobretudo os mais fracos e mais pobres.

Cuidai de nós,

que a Vós nos confiamos

e aos vossos cuidados

uma vez mais nos consagramos,

como o filho aflito que corre

para os braços seguros de sua Mãe.

Ámen.



HORÁRIOS DAS MISSAS

Jornal da Madeira on-line

"Na Tua Palavra" Lema Episcopal de D. Nuno Brás

Porto Santo

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

Email: info.diocesedofunchal@gmail.com

Política de privacidade