Música a norte - Ciclo de Música Barroca

25-02-2019

A iniciativa MÚSICA A NORTE irá decorrer no próximo mês de março em 4 Igrejas emblemáticas da Costa Norte da Madeira. 

Integrado nas celebrações dos 600 anos do Descobrimento das Ilhas da Madeira e Porto Santo, este ciclo de música Barroca "Música a Norte" pretende aproximar e dar a conhecer ao público madeirense um dos períodos mais notáveis e ricos da nossa herança musical que se estendeu desde o séc. XVII ao XVIII. Período de grandes transformações, nele se lançaram as bases para o sistema musical que ainda hoje usamos e produziu notáveis compositores e obras que todos conhecemos.

O nome "Música a Norte" para este ciclo prende-se com o facto de todo ele ser apresentado na costa norte da Madeira, pretendendo-se assim dotar estes concelhos de um evento cultural com características únicas na Ilha. Este ciclo de música foi apresentado pela Secretária Regional de Turismo e Cultura no congresso "São Jorge - Memória e Futuro", em Agosto do último ano, e o período "Barroco" surgiu da relação com o rico património existente nesta freguesia: o tesouro da Igreja Matriz de São Jorge.

No programa apresentado, centrado sobre a música sacra, iremos ouvir obras de grandes compositores internacionais, como o Stabat Mater de Pergolesi, apresentado junto com um Salve Regina de Alessandro Scarlatti, ambas obras para Soprano, Alto e Orquestra e interpretadas pela Orquestra Barroca de Mateus em instrumentos de época. Teremos ainda obras de Vivaldi, Bach e Handel num concerto pelo Funchal Baroque Ensemble, mas igualmente de alguns dos mais notáveis compositores Portugueses como António Teixeira, Carlos Seixas e Francisco António de Almeida, entre outros, interpretadas por dois grupos vocais que se dedicam à interpretação da polifonia Portuguesa: Polyphonos e Grupo Vocal Olisipo. Pretende-se assim dar a conhecer um pouco da música deste período, tanto a nível nacional como internacional.

Todos estes programas procuram também respeitar a época da Quaresma que se vive durante este festival, privilegiando obras que foram compostas para este período e que incitam à reflexão.

Carlos Antunes, programador artístico


IGREJA MATRIZ DE SÃO VICENTE

DIA 9 DE MARÇO (sábado) 20:00

"In Festo S. Vicentii - Música para São Vicente" - POLYPHONOS


IGREJA MATRIZ DO PORTO MONIZ

DIA 16 DE MARÇO (sábado) 20:00

"Barroco Católico e Protestante" - GRUPO VOCAL OLISIPO


IGREJA DO SENHOR BOM JESUS DE PONTA DELGADA

DIA 24 DE MARÇO (Domingo) 16:30

"Fé, devoção e poética musical no barroco do séc. XVIII" - FUNCHAL BAROQUE ENSEMBLE


IGREJA MATRIZ DE SÃO JORGE

DIA 31 DE MARÇO (domingo) 18:00

"Stabat Mater de Pergolesi" - ORQUESTRA BARROCA DE MATEUS