Padre Eleutério de Ornelas celebra 50 anos de vida sacerdotal

Padre Eleutério de Ornelas celebra 50 anos de vida sacerdotal

D. António Carrilho presidiu neste sábado, 17 de dezembro, a uma concelebração eucarística na igreja paroquial de Câmara de Lobos, em ação de graças pelo 50.º aniversário de ordenação sacerdotal do padre Emanuel Eleutério Figueira de Ornelas, atual pároco do Carmo e Garachico. Com o bispo do Funchal celebraram outros sacerdotes, nomeadamente os padres Manuel Jorge Fernandes Neves e António Ramos Teixeira da Silva, que festejaram também este ano bodas de ouro sacerdotais e pertenceram ao mesmo grupo de formação no Seminário diocesano.


Dada a circunstância da cerimónia decorrer em pleno tempo do Advento, D. António propôs algumas reflexões a partir do IV Domingo desta "caminhada" de preparação para o Natal, tendo por companhia Nossa Senhora e São José, no acolhimento à "presença de Deus no meio de nós". Ninguém, "homem ou mulher", pode ficar de fora deste "projeto" que passa pelo "humanismo cristão" e tem de "continuar a ser proclamado", a exemplo dos "antigos profetas", depois através dos "apóstolos" e na atualidade com os "sacerdotes", perante as "situações complexas e concretas do mundo atual", referiu. "O que celebramos hoje é também o sacerdócio de Cristo, participado e partilhado por mundo fora. Cristo faz a ponte e continua ligado à nossa humanidade através daqueles que escolheu, chamou e confiou um ministério", acrescentou D. António Carrilho, que na sua mensagem destacou a formação do padre Emanuel Eleutério em Sagrada Escritura, por Roma, o seu percurso pastoral nas comunidades paroquiais da nossa diocese e como professor liceal e na Universidade da Madeira.


 No espaço dedicado à homilia também interveio o padre Emanuel Eleutério, para dar um testemunho e agradecer quantos o ajudaram na fidelização da sua vocação: a família, a diocese, colegas, paroquianos e alunos. Aos muitos fiéis presentes na missa explicou o lema da sua ordenação sacerdotal - "Contigo, Senhor", mas que hoje acrescentou - "Sempre contigo, Senhor". Apelou a todos que não desistam dos seus "projetos", porque o "Espírito Santo é a nossa força na nossa fraqueza"; e disse que para "o resto da vida" deseja "fazer sempre o bem". "Acreditem: Deus está no meio de nós para nos fazer pessoas felizes", sublinhou, agradecido pela cerimónia jubilar que reuniu familiares, algumas entidades oficiais e representações de antigas paróquias por onde passou, caso da paróquia de São Tiago (Jardim da Serra), onde esteve como pároco durante 21 anos, e que lhe ofereceu um "cálice e uma patena", benzidos na ocasião pelo bispo do Funchal.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação