Missa de Ação de graças no Dia da Região

Missa de Ação de graças no Dia da Região

No Dia da Região Autónoma da Madeira e das Comunidades Madeirenses, este sábado (1 de julho), D. António Carrilho destacou a vivência da fé dos nossos antepassados, situações do tempo presente, a esperança e os desafios que se colocam ao futuro.
“Hoje é um dia que celebra o passado e o futuro, que coloca diante de nós o presente com as suas perplexidades, desafios e interpelações”, disse na homilia da eucaristia com Te Deum a que presidiu na Sé, com a presença das principais entidades oficiais da Região.
O bispo do Funchal lembrou os emigrantes que dão " testemunho” da fé cristã, assumindo com dedicação as tradições religiosas da sua terra de origem; e teve uma palavra especial para com a comunidade portuguesa da Venezuela, numa altura em que muitas famílias passam por dificuldades. Neste sentido, apelou a uma atenção mais próxima, a uma atitude de “braços abertos”, de acolhimento aos que mais precisam.
“A Igreja está presente no meio social, nas alegrias e tristezas, com palavras de compromisso e estímulo”, acrescentou D. António Carrilho que pediu também orações pelas vítimas dos recentes incêndios no Continente, e para as quais se destina o ofertório das missas deste domingo, conforme decisão da Conferência Episcopal Portuguesa.
A celebração do Dia da Região e das Comunidades Madeirenses foi ainda considerada por D. António Carrilho uma ocasião para exaltar as comemorações do “500 anos” da “dedicação da Sé do Funchal”, que se completam no próximo dia 18 de outubro ; e os “600 anos” da descoberta da Madeira, em 2019.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação