Milhares na Festa litúrgica de Nossa Senhora do Monte

Milhares na Festa litúrgica de Nossa Senhora do Monte

Milhares de pessoas, fiéis de todas as idades e de várias localidades da Madeira, participaram hoje, dia 15 de agosto, na festa litúrgica e tradicional procissão de Nossa Senhora do Monte. A cerimónia, presidida pelo bispo do Funchal, contou ainda com a presença das principais autoridades públicas, sacerdotes e seminaristas, num testemunho de profunda fé e clima de solidariedade, perante a “vaga de incêndios dos últimos dias e as suas dolorosas consequências”, disse D. António Carrilho na homilia. “Não podemos deixar de lembrar os que morreram e manifestar a mais profunda solidariedade a quantos, de algum modo, sofreram momentos de grande angústia e aflição, em especial os que perderam as suas casas e todos os seus bens. E se na nossa memória não passam as imagens dramáticas, que vivemos de perto ou entraram nas nossas casas, jamais esqueceremos também os gestos de solidariedade e a generosidade de tantos familiares, vizinhos e profissionais, o acolhimento e todo o apoio prestado por tantas instituições”, referiu.


Neste ambiente de religiosidade especial, o bispo do Funchal deu também a conhecer a “mensagem de solidariedade e bênção" que o Papa Francisco enviou, através do núncio apostólico em Portugal, para as pessoas mais atingidas pelos incêndios. Na carta, assinada pelo secretário de Estado do Vaticano Pietro Parolin, o Santo Padre manifesta-se “consternado com a triste notícia dos terríveis incêndios na ilha da Madeira”; e pede que se “transmita às famílias das vítimas as suas condolências e a sua participação na dor de todos os enlutados, bem como a sua solidariedade e proximidade espiritual junto daqueles que perderam os seus lares”.


D. António Carrilho lembrou ainda os “emigrantes, os idosos e doentes” que seguiram a celebração da Padroeira da Madeira através dos meios de comunicação social.  E a toda a comunidade diocesana, e população em geral, expressou a sua confiança nas capacidades do povo madeirense: “jamais esqueceremos, ainda, a capacidade de reagir, por parte de muitos, perante situações inesperadas e tão difíceis, com a força e a coragem de querer começar a olhar em frente e projetar o futuro”, sublinhou o bispo do Funchal perante a assembleia de devotos que encheram a igreja paroquial do Monte e seus arredores, com milhares de velas e orações.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

 

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação