Jubileu dos Catequistas na Sé

Jubileu dos Catequistas na Sé

A diocese do Funchal promoveu nesta sexta-feira (10 de junho) o “jubileu dos catequistas”, uma iniciativa anual promovida pelo secretariado diocesano de Educação Cristã – Departamento da Catequese, mas este ano inserida no Ano Santo da Misericórdia, como sublinhou D. António Carrilho na missa de encerramento, na Sé.
O encontro reuniu centenas de catequistas, provenientes de várias comunidades paroquiais da Madeira e Porto Santo, algumas delas acompanhadas pelos respetivos párocos, e foi “expressão de uma Igreja viva, partilhada e em comunhão”, considerou o bispo do Funchal na homilia. “Os catequistas são chamados a darem testemunho da fé”, como “mensageiros da Palavra, da alegria, da paz e da misericórdia”, acrescentou.


Em relação ao Ano jubilar em curso, D. António Carrilho lembrou que a sua “vivência” deve ser “interpelativa quanto à missão da Igreja” no mundo atual, através das “obras de misericórdia espirituais e corporais”, com reflexos na vida pessoal de cada um, a começar pela “conversão” a todo o tempo. A celebração eucarística na Catedral foi precedida da passagem pela “Porta Santa” que “nos aproxima mais de Deus e dos outros”, disse ainda o bispo do Funchal que manifestou o seu “reconhecimento e gratidão” pelo trabalho dos catequistas realizado nas diversas paróquias da diocese. “Acreditai, ensinai e vivei o que ensinais”, apelou.
Este dia jubilar dos catequistas iniciou-se logo pela manhã, com uma peregrinação entre a igreja do Colégio e a Sé, seguida de duas reflexões sobre a identidade do catequista como “testemunha da misericórdia”.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação