Funeral do Padre Cecílio do Menino Jesus

Funeral do Padre Cecílio do Menino Jesus

A comunidade dos Padres Carmelitas e a Diocese do Funchal despediram-se hoje do padre Cecílio, falecido aos 100 anos de idade na passada quinta feira. A missa exequial, de corpo presente, na igreja do Carmo, foi presidida por D. António Carrilho e concelebrada pelos bispos eméritos D. Maurílio Gouveia e D. Teodoro de Faria, o Provincial dos Carmelitas, padre Joaquim Teixeira, e vários sacerdotes.
Na ocasião, o bispo do Funchal proferiu palavras de “homenagem e gratidão” ao sacerdote que durante 28 anos serviu a nossa diocese, através da” liturgia, da música (órgão)” e sobretudo do “atendimento às pessoas, no confessionário, com uma grande capacidade de escuta e ajuda espiritual”. Do padre Cecílio, recordou D. António Carrilho, fica a “imagem de uma especial interioridade, serenidade, paixão por Cristo”, aliada a “uma boa disposição” que a todos cativava. No ano em que a Igreja celebra a Misericórdia, “o testemunho que o padre Cecílio nos deixa revela a abertura de alma, caridade, o ministério sacerdotal que é a expressão, o rosto, o espelho da misericórdia de Deus Pai, o Bom Pastor”, sublinhou.
Por seu lado, o Provincial dos Carmelitas falou do padre Cecílio como “um místico, um contemplativo, um mestre da oração”, em que eram evidentes “os três pilares” da “espiritualidade carmelita: a oração, a fraternidade e o apostolado”.  Nesse sentido, “a pastoral e o apostolado” do padre Cecílio traduziam “a verdadeira mística que não se distancia do serviço aos irmãos, à Igreja e à sociedade”, acrescentou o padre Joaquim Teixeira. Após esta celebração, seguiu-se o cortejo fúnebre para o cemitério de São Martinho.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

 

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação