Faleceu o Padre Cecílio do Menino Jesus - EXÉQUIAS E FUNERAL

Pe. Cecílio do Menino Jesus

(Félix Astondoa Gortázar)

20.11.1915 /20.11.2015

 

Nasceu a 20 de Novembro de 1915 (memória de S. Felix de Valois), Altzuste (Ceánuri-Bilbau) o primeiro de seis irmãos do casal Silvestra Gortázar e Francisco Astondoa. Desta família nasceram 6 irmãos: Eugénio, Luzia, Petra, Ventura e Hipólito, sendo o Pe. Félix o mais velho, que recebe o batismo no dia 21, na Igreja paroquial de Ceánuri (Vale de Arratia-Ceánuri-Vizcaya).

Aos 11 anos, no dia de 17 de Agosto de 1927, entrou no seminário carmelita de Larrea-Amorebieta (Vizcaya) da Província de S. Joaquim de Navarra.

Terminados os estudos preparatórios, ingressou no noviciado do convento de Larrea a 3 Julho de 1931, onde fez a Profissão Simples a 7 de Julho de 1932 e a Profissão solene a 8 de Setembro de 1940, em Markina.

De Larrea foi para o "professorado" em Markina, e dali foi enviado para o Mónaco como organista onde frequentou também o 1.º ano de filosofia (1933-34). De 1934-1936 estudou em Vitória, terminando o curso de teologia em Markina (1938-42). Recebeu as ordens menores a 26 de Setembro de 1940, o Subdiaconado a 29 de Setembro de 1940, o Diaconado a 1 de Novembro de 1940 e a ordenação sacerdotal a 31 de Agosto de 1941. Frequentava os 2º e 3º anos de filosofia e o 1.º de Teologia no Convento de Vitória, ocupado pelas forças de Franco na Guerra de Espanha, quando foi chamado para o serviço militar, sendo-lhe reservado o ofício de carteiro. Terminado este ofício, acolhe o de professor e organista em Vila Franca de Navarra (1942-43), e em Corella (1943-44). Entretanto, aproveita para estudar inglês na Irlanda.

O próximo destino é Portugal. E por cá, na fundação de Aveiro (1944-1954), exerce os ofícios de organista, e de professor de Inglês e francês. Também em Viana do Castelo fez parte da 1ª Comunidade no Seminário carmelita daquela cidade minhota, como professor de inglês, francês, música e organista.

Mais tarde foi conventual de Avessadas (1970), lecionando no seminário menor francês e música. Nesta aldeia do Marco de Canaveses, dedicava-se também a atender em confissão e direção espiritual a todos os que ali ocorriam, e era conhecido como o "Pe. santinho".

Depois de ter servido esta comunidade, parte para Paço de Arcos, onde volta a ser colaborador e "carteiro" das Edições Carmelo, levando e trazendo encomendas.

Finalmente aterra no Funchal. E aqui esteve desde o ano 1988, dedicando-se ao atendimento espiritual e como organista-mor.

Em todas as Comunidades exerceu o cargo de organista, talvez um dos principais segredos da sua longevidade. Pois porque a música tranquiliza, pacífica, alimenta a alma, embeleza a vida, tem algo de eterno. 

EXÉQUIAS E FUNERAL:

Informamos que o corpo do Padre Cecílio se encontra no salão, com entrada pela sacristia, para ser velado durante este dia. Às 17h30, será trasladado para a Igreja, onde haverá celebração da Eucaristia pelas 18h30. Aqui ficará até sábado, para a celebração das exéquias que se realizará pelas 10h00 da manhã, presidida pelo Bispo do Funchal. Missa seguida de funeral no cemitério de São Martinho. Antes, e pelas 8h00 da manhã, ainda teremos a oração de Laudes, participada por todos os que se quiserem associar.

 

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

 

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação