Despedida do Cónego José Manuel de Freitas

Despedida do Cónego José Manuel de Freitas

A diocese despediu-se hoje, 17 de maio, de um dos seus mais ilustres membros - o cónego José Manuel Freitas (falecido no passado domingo, aos 79 anos de idade), com uma eucaristia na igreja paroquial de São Martinho, presidida pelo bispo do Funchal e participada por muitos sacerdotes, familiares, amigos e fiéis. "Sentimentos humanos de saudade e de gratidão", mas também de "fé e de esperança" rodearam o ambiente das cerimónias exequiais, até ao funeral que se realizou para o jazigo da diocese do Funchal, no Cemitério de São Martinho.


No espaço de um ano, e com a morte do cónego José Manuel, "a diocese despediu-se de oito sacerdotes", recordou D. António Carrilho na missa de corpo presente celebrada ao final da manhã desta terça-feira. Numa breve reflexão, destacou o percurso apostólico do cónego José Manuel, desde o seu trabalho no Seminário do Funchal, passando pela missão junto dos emigrantes em várias partes do mundo, até ao serviço pastoral específico e geral nos movimentos de leigos, em particular nas equipas de casais, e, nos últimos anos, como capelão hospitalar. Em todas as situações "deixou uma marca". Foi um "homem de cultura, de grande espírito eclesial, simples, discreto, bem humorado, empenhado e dedicado em todas as causas", apesar de "algum sofrimento", referiu na ocasião o bispo do Funchal. Qualidades que também foram evidenciadas numa mensagem das Equipas de Casais, de quem o cónego José Manuel foi conselheiro espiritual. "O senhor cónego José Manuel foi o verdadeiro pilar das Equipas", destacando-se pela sua "elegância e respeito" no tratamento dos assuntos e questões inerentes à vivência cristã da "pastoral familiar". Elas "muito lhe devem" e a sua personalidade, aliada a um "humor inteligente", ficará para sempre na memória de todos.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

 

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação