Cumprimentos de Natal do Governo Regional ao Bispo do Funchal

Cumprimentos de Natal do Governo Regional ao Bispo do Funchal

D. António Carrilho agradeceu hoje a colaboração das entidades governamentais em várias "áreas de serviço à população madeirense, algumas das quais implicam cooperação com as instituições da Igreja e outras privadas". O bispo do Funchal falava na audiência ao presidente do Governo Regional e outros membros do Executivo madeirense, no Paço Episcopal, por ocasião dos tradicionais cumprimentos de Natal e Ano Novo.
"A cooperação não constitui apenas um serviço da Igreja para si mesma, mas um serviço à população. Não é apenas para os crentes, mas um serviço que a Igreja presta a todos da mesma maneira e no qual não pode também deixar de ser apoiada", referiu. Como exemplo, lembrou o trabalho de muitos nos incêndios do passado mês de agosto, em que "vimos como foi importante a cooperação conseguida entre as instituições e a população em geral. De particular importância, foi de facto a ação da Igreja e não posso deixar de reconhecer neste caso o trabalho das Conferências Vicentinas, das Cáritas, dos párocos. Sentimos que esse é o nosso dever, que a fé se manifesta pelas obras", disse.
Em tempo de Natal, D. António Carrilho destaca a vivência de um "espírito próprio", mesmo no meio de "dificuldades", que nos "faz olhar em frente com a força da esperança que nos é dada pelo nascimento de Jesus. Para os crentes, de uma forma especial, e para todos quanto apreciam e concretizam os valores do humanismo cristão, sejam crentes ou não, é sempre uma proposta importante neste tempo natalício", sublinhou o bispo do Funchal que endereçou na ocasião também "votos de Boas Festas, feliz Natal e Ano Novo a toda a região, que coincide com a diocese, Madeira e Porto Santo. A todos, desejo as maiores bênçãos de Deus".

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação