Aniversário do Renovamento Carismático

Aniversário do Renovamento Carismático

O Renovamento Carismático na diocese do Funchal celebrou hoje (27 de janeiro), na igreja do Colégio, o seu 22.º aniversário com uma missa solene presidida por D. António Carrilho. Foram muitos os fiéis, representantes dos 22 grupos de oração carismática atualmente existentes, e alguns sacerdotes, que participaram nesta eucaristia que ficou também marcada pela apresentação da nova Equipa de Serviço Diocesana (ESD) e do novo assistente diocesano do Renovamento, padre Óscar Andrade.

Na homilia, D. António Carrilho lembrou os que “ao longo destes 22 anos se empenharam e beneficiaram desta espiritualidade”; manifestou “alegria” e “gratidão” por “tantos grupos de oração na diocese”; e desenvolveu a sua mensagem em “três binómios”, com base nas leituras do dia litúrgico:

- “Memória e projeto”, no sentido em que, “apropriando-se da riqueza do passado”, o Renovamento tem de continuar o “projeto de esperança”, porque “a renovação é sempre obra do Espírito”. Ainda que haja “mudança da equipa de serviço, temos de continuar com a responsabilidade de todos”, sublinhou;

- “Palavra e  Misericórdia”, tendo como vivência principal “a fé viva, esclarecida”, a “oração, a escuta”, e as “obras” em “ação fraterna”;

- “Espiritualidade e Missão”, na medida em que é preciso “encher o coração para servir”, isto é, “não ficar com Deus só para si próprio”, mas realizar uma “missão aberta a todos”, como uma ‘ Igreja em saída’, dando ‘prioridade às periferias’, nas palavras do Papa Francisco. Deus “chama-nos e envia-nos” para todos os ambientes onde estamos inseridos, “na família, no trabalho, na sociedade”, com a “diversidade de carismas e unidade na fé”, acrescentou o bispo do Funchal na sua mensagem dada às centenas de pessoas que participaram esta noite nesta cerimónia religiosa que incluiu ainda outros momentos significativos, como um “ofertório com produtos de higiene pessoal”, destinados a uma instituição pública da Região.

Este 22.º aniversário do Renovamento coincide com o “Ano da Misericórdia” e a entrada em funções de uma “nova equipa de serviço”, conforme salientou também Bela Bárbara (membro da equipa cessante) numa breve mensagem. “Celebrar este aniversário é também caminhar para o futuro com muita alegria”, disse, desejando que “o Renovamento saia do Cenáculo e seja instrumento evangelizador”, como outros no passado, “homens e mulheres, crianças e jovens, que fizeram a sua conversão a Jesus Cristo, vidas transformadas e doadas”.

Contactos

Diocese do Funchal
Largo Visconde Ribeiro Real, 49
FUNCHAL
9001-801

 

© 2015 Todos os direitos reservados.

Diocese do Funchal - Gabinete de Informação