Mensagem de Natal do Bispo do Funchal 2017

24-12-2017

Mensagem de Natal do Bispo do Funchal 2017

A melhor prenda de Natal!

Caros diocesanos da Madeira e Porto Santo: a surpreendente mensagem proclamada pelo Anjo, na noite de Natal de há dois mil anos, vem abrir perspectivas de esperança e de alegria no coração e na vida de cada homem e de cada mulher. Alegrai-vos, Jesus nasce para nós! Deus é Vida e veio inundar-nos de Luz e de Esperança! Com o nascimento de Jesus, a grandeza e a dignidade da vida humana encontram um novo sentido e um novo projecto. Vamos a Belém! "O Verbo fez-Se carne e habitou entre nós"(Jo 1, 14).

Por todos os lados, na nossa terra, ouvem-se e vêem-se os sinais do Natal: os presépios e as "lapinhas madeirenses", a música e o canto, as iluminações e outros enfeites de Natal. Ressaltam, sobretudo, os afetos partilhados em ondas de solidariedade e de ternura para com os mais pobres e abandonados, os doentes, os idosos, os desempregados e todos os que sofrem em geral.

Como Bispo desta Diocese, convido-vos a contemplar no presépio, preparado nas famílias e noutras instituições, nas ruas, nas igrejas e capelas, o inefável amor de Deus, que chegou até nós pelos caminhos da humildade e da simplicidade. A lição do presépio é admirável! Façamos no nosso coração um "presépio vivo" e levemos Jesus a todas as pessoas, a quantos se cruzam connosco na vida de cada dia e, em especial, nesta quadra de Natal.

Olhai em redor e prestai generosa atenção a todos. Fazei nascer e brilhar uma nova Estrela de Belém no coração de quem vive em situações de abandono e solidão, de quem perdeu a esperança e a alegria de viver. Que o Amor de Jesus Menino, traduzido na generosidade e na entrega de nós mesmos, seja o mais belo postal de Boas Festas natalícias. Seja Ele, também, a melhor prenda deste Natal!

Boas Festas a todos os diocesanos, aos nossos emigrantes e aos turistas, que visitam a nossa terra nesta quadra festiva. Que eles experimentem e levem consigo o sorriso e a alegria das tradições religiosas e culturais do povo madeirense, que vive a "Festa" com a ternura da infância, cantando e celebrando o Menino de Belém.

Alegria e Esperança! Santo e Feliz Natal para todos!

Funchal, 23 de Dezembro de 2017

† António Carrilho, Bispo do Funchal